Este artigo faz parte de uma série de artigos com conteúdo técnico que fizemos para te ajudar a entender como funciona nossos produtos. Este é referente ao produto de Manejo de Irrigação. Abaixo está a lista de todos os artigos publicados por nós que contemplam este assunto.

Água disponível no solo

A Capacidade de Água Disponível (CAD) do solo é a quantidade total de água disponível que o solo consegue reter até uma profundidade. Essa profundidade corresponde ao sistema radicular efetivo (camada de solo onde se concentram a maioria das raízes absorventes). Por esse motivo, se as raízes crescem consequentemente a CAD aumenta também. Assim a CAD representa o intervalo de umidade disponível para as raízes das plantas.

No entanto, a dificuldade para a planta extrair água varia conforme a quantidade de água no solo. Quanto menor a porcentagem de água no solo maior a dificuldade para se extrair a água. A fração de água no solo que pode ser retirada facilmente pelas raízes é chamada de Água Facilmente Disponível (AFD). Quando a AFD se esgota, a planta necessita realizar um maior esforço para conseguir extrair água, gerando um estresse. Como a AFD é uma fração da CAD, ela irá aumentar conforme o aumento da CAD.

Dessa forma, quando se esgota a AFD atinge-se a Umidade Crítica, que é o limite que deve-se iniciar as irrigações sem deixar as plantas em estresse. Portanto, para se obter economia de água o ideal é sempre realizar a reposição de água no solo quando a AFD se esgotar.

Pontos de umidade do solo e sua relação com a disponibilidade de água para a planta. Adaptado de Farsad’s (2016).
FARSAD’S, A. Soil-Water Status: Saturation, Field Capacity and Wilting point. 2016.

Artigo Anterior - Tensão do solo
Próximo Artigo - Fenologia e perda de água para a atmosfera

Encontrou sua resposta?